A formatura é o ápice da vida universitária. Ela reflete muitas conquistas e é o resultado de muito trabalho duro. Contudo, não é com ela que o trabalho da comissão termina. Afinal, a formatura tem seus momentos e é preciso ficar de olho para que tudo aconteça. Para isso, o roteiro de baile de formatura ajuda muito.

Confira, no post a seguir, o que é esse roteiro e por que é bom usá-lo. Veja também algumas dicas para você montar o guia da sua própria festa. Boa leitura! 

Por que seguir um roteiro de baile de formatura? 

Você é da comissão de formatura e espera tranquilidade durante a festa, não é? Para isso, é preciso alguns cuidados. Afinal, durante a festa ocorrem certos momentos e cerimônias que você precisa planejar para darem certo. Por isso, é importante seguir um roteiro de baile de formatura.  

Mesmo com uma empresa especializada coordenando essas partes especiais da festa, seguir o roteiro traz diversas vantagens:

  • a turma toda sabe o que vai acontecer e pode se preparar melhor;
  • cada um consegue envolver mais a família;
  • clareza, a formatura fica melhor organizada; 
  • ninguém perde um momento porque não prestava atenção; 
  • momentos importantes, como a foto de turma, não serão esquecidos; 
  • a comissão pode aproveitar melhor a festa, sabendo que cada parte terá seu horário. 

Como montar o seu roteiro de baile de formatura? 

Quem decide o que vai ter no roteiro é a comissão e a turma, mas algumas dicas podem ser seguidas para facilitar a vida de vocês. Veja a seguir! 

Valsa especial 

A valsa, cuja origem remonta ao século XVI, é uma tradição muito antiga. Essa dança se tornou popular em diversas cerimônias ao redor do mundo, como casamento, festa de 15 anos e formatura. No baile dos formandos, ela é dançada para comemorar a ocasião e agradecer as pessoas especiais que ajudaram em sua conquista. Por isso mesmo, ocorre em três momentos: 

  • valsa com os pais; 
  • valsa com padrinhos; 
  • valsa com companheiros ou amigos. 

Brinde dos formandos 

Não é preciso muita explicação para o brinde. Esse é o momento no qual todos recebem um champanhe e homenageiam a conquista dos formandos. Nessa hora, é possível fazer um discurso mais informal para iniciar a cerimônia ou até passar um vídeo da turma. Aqui, vale a mesma dica da colação de grau. Se o discurso for mais pessoal, evite prolongamentos e piadas internas que os outros convidados não vão entender. 

Foto oficial 

Depois do brinde, basicamente, o único grande momento que não pode ser esquecido é a foto da turma. Nessa hora, é importante anunciar a ocasião e pedir a presença de todos. Depois de fotografados, é só aproveitar a festa. 

Comidas, bebidas e brindes 

Comidas, bebidas e brindes extras não entram em um roteiro de baile de formatura como momento especial. Contudo, é importante destacá-las caso exijam uma hora particular. Por exemplo, na hora de distribuir kits para os formandos curtirem a festa. Ou ainda, se a turma decidiu fazer o tema de cinema e, para assistir ao filme dos anos de graduação, devem ser distribuídos baldes de pipoca.  

Homenagens 

Geralmente, as homenagens ocorrem no momento da colação de grau. Contudo, nada impede que se faça alguma cerimônia mais informal durante o baile. Nesse sentido, deve-se seguir o mesmo cuidado durante a colação. Ou seja, providenciar a homenagem e um discurso para o homenageado. 

Seguir um roteiro de baile de formatura pode fazer bastante diferença durante a festa. Como a comissão passou anos se preparando, esse é o momento de aproveitar com a turma. Por isso, ter um roteiro ajuda. Dessa forma, é possível garantir que nada nem ninguém ficará de fora. Além disso, tudo o que foi planejado pode ser cumprido, especialmente se o roteiro for passado para a empresa de assessoria de formatura. 

Gostou do artigo? Siga a gente no FacebookTwitterInstagram e YouTube para ver mais dicas sobre como fazer a formatura perfeita! 

Escreva um comentário

Share This